Sinopse

PRÊMIO DE MELHOR FILME DA MOSTRA OUTROS OLHARES

Como sobreviver ao abuso sexual? E como sobreviver aos abusos que dele decorrem? Oito anos após ter sido violentada durante uma viagem de férias, a chilena Carolina Moscoso, à época estudante de cinema, faz de seu longa-metragem de estreia um ensaio em que articula novas miradas, a partir do presente, às imagens e materiais de seu arquivo pessoal. Diante de registros que contornam a experiência do trauma, ela recupera a possibilidade de narrá-lo, em uma dolorosa, mas potente, aposta no cinema como ferramenta de elaboração íntima e social. (C. M)

Trailer

Direção

Carolina Moscoso Briceño

Diretora e editora, graduada em Cinema e TV pela Universidade do Chile, e Mestre em Documentário Criativo pela Universitat Pompeu Fabra Barcelona. Trabalhou como montadora em vários projetos de cinema, vídeo, animação, visual e teatro. Visão Noturna é seu longa de estreia. Atualmente ela está desenvolvendo seu próximo filme Nunca Ser Polícia.

Créditos

Produção

Macarena Aguiló

Roteiro

Carolina Moscoso Briceño, María Paz González

Montagem

Juan Eduardo Murillo

Som

Mercedes Gaviria

Compositor

Camila Moreno

Festivais

FICValdivia
FIDOCS
Festival de Cine de Ñuble
FIDMarseille
Olhar de Cinema – Prêmio de Melhor Filme da mostra Outros Olhares