Sinopse

Felipe Bragança avança em sua pesquisa das potencialidades de uma aproximação fabular e fantástica, buscando exercitar a linguagem de um cinema popular em cotejo com influências e diálogos múltiplos. O filme acompanha um cineasta (interpretado por Higor Campagnaro) num mergulho por suas raízes, que o leva a Portugal e Moçambique, onde o fascínio por uma realidade desconhecida choca-se com as mazelas de uma história colonial violenta. Nele, vemos um artista brasileiro, entre a depressão e a inquietude, tentando descobrir o que ainda é capaz de criar nesse país que patina entre a maravilha e o horror. (E. V)

Trailer

Vídeos

Direção

Felipe Bragança

Felipe Bragança, 39 anos, cresceu entre o centro histórico do Rio de Janeiro e os subúrbios da Baixada Fluminense. Estudou cinema na UFF e desde 2003, se dedica ao cinema, tendo dirigido 4 longas, 2 médias, 1 web-série e 5 curtas, todos apresentados em festivais de cinema como Cannes, Sundance, Berlin, Locarno e Rotterdam. Como roteirista, assinou roteiros de filmes de diretores como Karim Ainouz (O Céu de Suely e Praia do Futuro), Helvécio Marins Jr. (Girimunho) e Marina Meliande (Mormaço).

Créditos

Produção

Marina Meliande, Luis Urbano

Roteiro

Felipe Bragança

Elenco

Higor Campgnaro, Isabel Zuaa, Catarina Wallenstein, Tainá Medina, Thiago Lacerda, Matamba Joaquim, Sophie Charlotte, Lucilia Raimundo, Marcio Vito, Digão Ribeiro, Matheus Macena, Samuel Toledo

Direção de Fotografia

Glauco Firpo

Montagem

Marina Meliande, Karen Black

Som

Valéria Ferro, Miguel Cabral

Compositor

Jonas Sá, Ricardo Dias Gomes

Direção de Arte

Dina Salem Levy

Festivais

INT. FILM FFESTIVAL ROTTERDAM
INDIELISBOA
PESARO INT. FILM FESTIVAL

Você também pode curtir