Sinopse

Nesta autobiografia fragmentada e performativa, a multiartista estadunidense Garnett faz do encontro com seu pai irlandês, a quem desconhecia, um processo de investigação das imagens de um documentário televisivo realizado em 1971. Nele, o patriarca é apresentado como o jovem protagonista de um proibido romance inter-religioso (Católico/Protestante), vivido em Belfast no período dos Troubles. Com a mesma inspiração queer que atravessa trabalhos anteriores, a diretora faz da história o mote para uma reconstrução. Tensionando diversas margens, ela forja identidades à medida em que também as reinventa. (C. M)

Trailer

Vídeos

Direção

Mariah Garnett

Mariah Garnett é uma artista e cineasta que vive e trabalha em Los Angeles. Ela possui um mestrado em Cinema/Vídeo pela CalArts e um bacharelado pela Brown University em Civilização Americana. Em 2019, ela recebeu uma bolsa Guggenheim em Filme & Vídeo para realização do seu primeiro longa-metragem, Trouble, que estreou no Festival de Cinema de Londres e posteriormente exibido no NYFF, CPH:DOX e HotDocs. Seu trabalho recebeu destaque na Bomb Magazine, Hyperallergic, Frameworks, Artforum e The New York Times.

Créditos

Produção

Manal Laginaf, Mariah Garnett

Roteiro

Mariah Garnett

Direção de Fotografia

Kevin Treacy

Montagem

Mariah Garnett

Som

Seamus Harahan

Festivais

BFI London Film Festival
New York Film Festival
CPH:DOX
Hot Docs