Sinopse

Restrepo ganhou destaque após uma série de curtas-metragens alegóricos que pairavam no precipício entre a Vida e a Morte. Depois de Cilaos (Olhar ’17) e La Bouche, vem o primeiro longa-metragem vulcânico do cineasta nascido na Colômbia, no qual um jovem atormentado chamado Pinky (interpretando uma versão de si mesmo) busca orientação em forças opostas em Medellín. Sua jornada saindo dos confins de uma seita religiosa para o trabalho em uma fábrica de camisetas se depara contra violentas rupturas, que ocorrem de maneira tranquilizante e chocante. O país de Pinky surge como uma espécie de sonho febril. E sua história como um pesadelo do qual a arte o ajuda a despertar. (A. C)

Trailer

Vídeos

Direção

Camilo Restrepo

Camilo Restrepo (1975, Medellin, Colômbia) vive e trabalha em Paris, França. Seus filmes foram selecionados em festivais como a Quinzena dos Realizadores, Festival Internacional de Cinema de Toronto e o Festival de Cinema de Nova Iorque. Ele venceu o Pardino d'Argento no Festival Internacional de Cinema de Locarno duas vezes. Los Conductos é seu primeiro longa-metragem.

Créditos

Produção

Helen Olive, Felipe Guerrero

Roteiro

Camilo Restrepo

Elenco

Luis Felipe Lozano, Fernando Úsuga Higuíta

Coprodução

André Mielnik

Direção de Fotografia

Guillaume Mazloum, Cecile Plais

Montagem

Camilo Restrepo

Som

Josefina Rodriguez, Matthieu Farnarier

Compositor

Arthur B. Gillete, Jennifer Hutt

Festivais

70ª Berlinale

68º San Sebastian