Mostras

O Olhar de Cinema – Curitiba IFF é formado por diversas seções, as quais também chamamos de mostras.

Filme de abertura e encerramento.

O Olhar Retrospectivo destaca um grande nome do cinema mundial, fazendo uma retrospectiva e uma reflexão aprofundada da obra e da trajetória do/a autor/a.

A Olhares Clássicos oferece um recorte dos mais variados filmes que marcam a história do cinema. Um panorama de obras de diversos diretores/ras, países, gêneros e épocas, que acima de tudo demonstra paixão e respeito pelo cinema e pela sua história.

A Foco destaca o trabalho de um/a novo/a autor/a, ainda não conhecido/a ou ao menos pouco visto/a no circuito de festivais brasileiros. Uma chance privilegiada para explorar uma obra ainda em formação e maturação, mas já dentro de um conjunto de filmes que contém a força necessária para lançar um nome a posição de autor/a do cinema contemporâneo.

Mestres do cinema mundial, a redescoberta de filmes e um espaço privilegiado para destaques do cinema nacional é a busca da mostra Exibições Especiais. Ela ainda abre espaço para filmes em pré-estreias. Composta por filmes de diferentes culturas e realidades, essa mostra mescla elementos do passado e do presente, visando apontar possibilidades futuras.

A mostra Competitiva de Longa-metragem e Curtas-metragem é composta por um conjunto de apostas, e também descobertas, de filmes recém chegados ao mundo, ainda inéditos no Brasil. Aqui há a busca do equilíbrio entre inventividade, abordagem de temas contemporâneos e potencial de comunicação com o público. Portanto, quem assistir aos filmes da mostra Competitiva irá se deparar com narrativas que se apresentam de forma arriscada, comprometida e envolvente.

A mostra Novos Olhares é dedicada a longas-metragens que tem maior radicalidade em suas propostas estéticas e, por isso, flertam com a ventura e o risco de caminhos desconhecidos. Há os filmes que convidam o público a um mergulho lírico, há outros que propõem a frieza do distanciamento épico, há os que investigam as criações alegóricas, há os que apostam no encontro com o real.

A mostra Outros Olhares de Longa-metragem e Curta-metragem faz um diálogo entre filmes ainda inéditos e filmes que já possuem uma trajetória nacional e internacional em festivais e mostras recentes. Quem vai para Outros Olhares encontrará uma grande variedade de propostas, estilos, linguagens e abordagens feitos em torno de uma série de extremidades que reflete o mundo atual de extremos em que vivemos.

A mostra Mirada Paranaense é dedicada a apresentar ao público um panorama da produção audiovisual local, do estado brasileiro do Paraná. O público é convidado a conhecer as primeiras produções dos/as jovens realizadores/as locais, bem como a acompanhar novos trabalhos de realizadores/as experientes.

A mostra Pequenos Olhares é dedicada a crianças e adolescentes, com sessões voltadas a diversas faixas etárias. Um espaço aberto para os jovens espectadores viverem a experiência do festival, que também contempla a possibilidade de filmes para toda a família.

A Olhares Brasil apresenta um panorama de curtas e longas-metragens brasileiros com obras inéditas ou que já estiveram em festivais de cinema do Brasil e do mundo.