DAO KHANONG_SITE

DAO KHANONG

/ Dao khanong

Tailândia, Países Baixos, França, Qatar, 2016, 105’

Quando e Onde

  • 18:45 Itaú (Sala 3)
  • 16:15 Itaú (Sala 2)

Uma diretora de cinema e sua musa que foi uma estudante ativista nos anos 1970, uma garçonete segue trocando de trabalho, um ator e uma atriz, todos vivem vagamente conectados uns aos outros por fios quase invisíveis.

Direção

Anocha Suwichakornpong

Nascida na Tailândia, graduada em cinema na Universidade de Columbia. “Graceland”, se tornou o primeiro curta tailandês a ser selecionado para o festival de Cannes. Seu primeiro longa-metragem “Mundande History” ganhou inúmeros prêmios festivais internacionais incluindo o prêmio Tiger de Roterdã. Anocha finalizou seu segundo longa "By the Time It Gets Dark" que estreou no festival de Locarno (Competição Internacional) e foi exibido em festivais como Toronto, BFI Londres, Hamburgo, Singapura, Viennale e Roterdã.

Créditos

Direção
Anocha Suwichakornpong
Roteiro
Anocha Suwichakornpong
Produção
Lee Chatametikool, Edward Gunawan, Pete Smithsuth, Benjawan Somsin, Soros Sukhum, Chayamporn Taeratanachai
Direção de Fotografia
Ming-Kai Leung
Edição
Lee Chatametikool, Machima Ungsriwong
Som
Chawakorn Thongkua

Comentários