O Festival

5º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba | 8 a 16 de junho de 2016

Em 2012 nasceu o Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba, um evento que em sua essência já possuía objetivos muito claros: levar ao público um recorte do cinema independente mundial, debater sobre as tendências estéticas históricas e contemporâneas, levantar discussões acerca de temas sociais, culturais e políticos urgentes.

É sabido que o início de um novo projeto é sempre cheio de incertezas, da ideia à prática são muitas surpresas, muitos obstáculos a superar e é necessária muita disposição a se adaptar à realidade. Com este projeto não foi diferente! Primeiramente o objetivo era o de apresentar esta nova proposta a todos, que receberam o evento de peito e mente aberta. Posteriormente, já com o acolhimento do público, o evento se permitiu dar um salto maior em busca do desconhecido, o que deixou o festival ainda mais instigante. Em sua terceira edição, como uma semente que foi cuidadosamente cultivada, o festival finalmente brotou e começou a se enraizar no imaginário daqueles que o fazem acontecer, os realizadores, o público, a crítica, a equipe, os profissionais de toda a cadeia cinematográfica, os patrocinadores e apoiadores. A quarta edição foi a da leveza; com o terreno já bastante firme, era chegada a hora de se soltar e pairar na atmosfera positiva que foi criada. Agora o momento é o de celebração, são cinco anos bem sucedidos de resistência, comprometimento, risco e aprendizado!

Ao longo dessa jornada, foram mais de 300 filmes exibidos, mais de 40 atividades dividas entre mesas de debate, palestras, estudos de caso e painéis, 12 oficinas e um inestimável intercâmbio de ideias entre um público que passou das 60 mil pessoas. O cinema independente de mais de 50 países foi visto e discutido, o cinema brasileiro foi especialmente destacado e apreciado. Filmes marginais, filmes de borda, filmes de baixo apelo comercial, que, contudo, estão altamente comprometidos com pesquisa de linguagem, comprometidos em lançar luz sob assuntos escanteados e tratar de assuntos cotidianos sob pontos de vistas singulares.

Nosso muito obrigado a todos que tornaram essa história possível, que fazem parte do nosso presente e contribuem para que o futuro do evento seja ainda mais vívido!